1 de dezembro de 2021

Mestre Felipe Marçal

Taekwondo Blumenau

faixa preta significado

faixa preta significado

Faixa preta – Entenda o que ela significa nas artes marciais

O que é a faixa preta

Em poucas palavras a faixa preta é um título que se dá a um aluno avançado em uma arte marcial. Quase todas as modalidades usaram a cor preta para indicar um alto nível de habilidade. Dentre as lendas que surgiram em torno desse costume está a de associar a cor branca à pureza do aluno iniciante e a cor preta à experiência do avançado.

O uso da expressão “faixa preta” ganhou notoriedade e pode ser usado na linguagem coloquial como sinônimo de grande habilidade. O conceito engloba muito mais que artes marciais, sendo possível usar o jargão para qualquer tipo de capacitação.

Assim, o faixa preta é aquele que treinou muito e possui extrema habilidade em determinada arte. No entanto, o que se espera de um faixa preta nas artes marciais vai além da simples execução da técnica. Há toda uma preocupação em ter determinada disposição mental sobre os desafios que envolvem o aprendizado de habilidades.

Aprender a aprender

O praticante faixa preta passou pelo processo de aprendizado de determinada arte, como o Kung Fu, por exemplo. Isso quer dizer que ele sabe quais são os passos para ter aquela habilidade. Afinal, ele vivenciou o desenvolvimento de suas competências na prática, com seu próprio corpo.

Dessa maneira, o faixa preta é aquele que sabe os caminhos para aprender uma determinada arte. Ele já dominou os básicos e assumiu uma postura de protagonismo no seu aprendizado. Tal pessoa não é só um aluno que não possui os saberes fundamentais da arte, mas ele fala na mesma língua do instrutor.

Isso não significa que o faixa preta não tem mais nada a aprender, mas sim que ele já consegue buscar a informação por si próprio. Ele pode adquirir conhecimentos e aplicá-los da maneira correta, sem risco de estar ferindo algum princípio do método de treino daquela arte.

Cuidar do próprio treino

Outra característica importante de um faixa preta em qualquer arte é a “emancipação do mestre/professor”. Isso quer dizer que chegando a determinado ponto da jornada, o praticante avançado está apto a se desenvolver por conta própria.

Assim, ele não só sabe como adquirir a informação, como falamos no tópico anterior, mas também sabe como aplicar aquele saber recém adquirido em uma rotina de treino. Com seus anos de prática, o faixa preta já consegue aplicar o treino e sempre exige de si mesmo uma performance melhor.

Indo além, em certa medida, o faixa preta é aquele que conquistou uma força de vontade tão grande que a figura de um instrutor ou treinador não é necessária para motivar seus treinos. Ele busca melhorar não para cumprir as expectativas dos outros, mas as suas próprias.

O que esperar de um faixa preta

Agora o que podemos esperar de alguém que chegou a esse ponto tão avançado de uma arte? Essa questão é complexa, pois um faixa preta será bom naquilo que ele treinou. Isso é óbvio, mas muitas vezes pessoas leigas em um assunto tendem a exagerar as habilidades desse artista, marcial ou não.

É invencível na luta?

Quando falamos de artes marciais esperamos que o faixa preta seja invencível. Uma das perguntas mais comuns que esses artistas marciais escutam é se eles conseguem derrubar tal ou tal pessoa.

Em geral, só os leigos em artes marciais acreditam que existe uma abordagem perfeita em uma luta. Na situação de combate real (e nos esportes também) nunca se sabe o que pode ocorrer. Isso faz com que seja impossível garantir um resultado positivo em um combate.

Por isso, um faixa preta sabe que ele não é invencível e nem menospreza seus adversários. Ele tem tanto conhecimento que consegue reconhecer suas próprias limitações.

É perfeito?

Seguindo a lógica do último tópico, outra exigência comum feita a um faixa preta (e também a qualquer pessoa que se considere profissional em seu trabalho) é que todas as suas ações sejam perfeitas.

Há uma idealização sobre pessoas com proficiência em determinada arte que não tolera erros. Para muitas pessoas, se um faixa preta errar é quase um motivo para rebaixar seu título. Com certeza existem níveis de erros que um profissional (que aqui se torna sinônimo de faixa preta) não pode cometer. Mas quando se trata de seres humanos sempre haverá algum erro.

É a pessoa que não desiste

Aqui chegamos a um aspecto positivo e essencial de um faixa preta: ele não desiste fácil. Isso ocorre porque, no processo de conquistar essa graduação, ele errou várias vezes. Dessa forma, um faixa preta sabe que erros são parte do processo de aprendizado.

Com esse saber mais sua experiência de prática, o profissional pode errar sem se abalar. Na prática das artes marciais, por exemplo, o faixa branca tende a supervalorizar o erro dele e a desvalorizar o aprendizado que aquele erro permitiu. Muitos desistem, pois não entendem que há vários tropeços na jornada do aprendiz de qualquer arte.

A pessoa que não entra em batalhas perdidas
No entanto, a característica mais importante de um faixa preta (especialmente os marciais) é saber quando não lutar. As verdadeiras vitórias são aquelas em que nem precisamos lutar, como já dizia Sun-Tzu na sua obra A arte da guerra. Se não gastamos nossas energias à toa, podemos nos concentrar no que realmente importa.

Por isso, um faixa preta, mesmo com grande habilidade, não sairá procurando brigas na rua e nem tentará provar a sua proeza marcial em contextos inadequados. De forma similar, um profissional em qualquer área também deverá saber quando suas ações são pertinentes ou não.

E você? É um faixa preta em uma arte marcial? Se não, você se considera um faixa preta na sua profissão?

Fonte: https://bravokungfu.com/2020/03/17/faixa-preta-entenda-o-que-ela-significa-nas-artes-marciais/

 

Para entrar em contato comigo, mandar sugestões de vídeos, informar erros, etc.. CLIQUE AQUI e preencha o formulário.

Compartilhar: